Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com
poemas
de
Pessoa
A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
 
Fernando Pessoa
 Andavam de noite

 
ANDAVAM de noite aos segredos
Só porque era noite...
Os bosques enchiam de medos
Quem quer que se afoite...

Diziam [?] palavras que pesam [?]
À sombra de alguém...
Ninguém os conhece, e passam...
Não eram ninguém...

Fica só na aragem e na ânsia
Saudade a fingir...
Foi como se fora distância...
Eu torno a dormir.
 

 
  •  A minha camisa rota, Poesias Inéditas 
  • A minha vida é um barco abandonado, Cancioneiro 
  • A montanha por achar, Poesias Inéditas 
  • A morte chega cedo, Cancioneiro 
  • A nada imploram tuas mãos já coisas, Ricardo Reis
  • Análise, Cancioneiro 
  • Análogo começo, Poesias Inéditas 

  • Google
     
    Web mdaedalus.com
    página de Pessoa
    página principal
    com o apoio de:
    www.travel-images.com
    Fernando Pessoa - poemas
    www.mDaedalus.com