Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com
poemas
de
Pessoa
A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
Fernando Pessoa

Fresta


 
Em meus momentos escuros
Em que em mim não há ninguém,
E tudo é névoas e muros
Quanto a vida dá ou tem, 

Se, um instante, erguendo a fronte
De onde em mim sou aterrado,
Vejo o longínquo horizonte
Cheio de sol posto ou nado 

Revivo, existo, conheço,
E, ainda que seja ilusão
O exterior em que me esqueço,
Nada mais quero nem peço.
Entrego-lhe o coração. 
 


  • Fernão de Magalhães, Mensagem - Mar Português 
  • Fito-me frente a frente ( I ), Poesias Inéditas 
  • Fito-me frente a frente ( II ), Poesias Inéditas 
  • Flores que colho, ou deixo, Ricardo Reis
  • Flor que não dura, Poesias Inéditas
  • Flui, indeciso na bruma, Poesias Inéditas 
  • Foi há muitos e muitos anos já, Poemas Traduzidos
  • Foi um momento, Cancioneiro 
  • Fosse eu apenas, não sei onde ou como, Cancioneiro

  • Google
     
    Web mdaedalus.com
    página de Pessoa
    página principal
    com o apoio de:
    www.travel-images.com
    Fernando Pessoa - poemas
    www.mDaedalus.com