Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com
poemas
de
Pessoa
A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V

Ricardo Reis
Ninguém
 
Ninguém, na vasta selva virgem 
Do mundo inumerável, finalmente 
Vê o Deus que conhece. 
Só o que a brisa traz se ouve na brisa 
O que pensamos, seja amor ou deuses, 
Passa, porque passamos. 


 
 


Google
 
Webmdaedalus.com
página de Pessoa
página principal
com o apoio de:
www.travel-images.com
Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com