Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com
poemas
de
Pessoa
A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
 
Fernando Pessoa
Ah ! A  Angústia, A Raiva Vil, o Desespero
 
AH! A ANGÚSTIA, a raiva vil, o desespero 
De não poder confessar
Num tom de grito, num último grito austero 
Meu coração a sangrar!

Falo, e as palavras que digo são um som Sofro, e sou eu.
Ah! Arrancar à música o segredo do tom
Do grito seu!

Ah! Fúria de a dor nem ter sorte em gritar, 
De o grito não ter
Alcance maior que o silêncio, que volta, do ar 
Na noite sem ser!
 
 
 

   
 


Google
 
Webmdaedalus.com
página de Pessoa
página principal
com o apoio de:
www.travel-images.com
Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com