Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com
poemas
de
Pessoa
A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
Ricardo Reis

Gozo Sonhado

Gozo sonhado é gozo, ainda que em sonho. Nós o que nos supomos nos fazemos, Se com atenta mente Resistirmos em crê-lo. Não, pois, meu modo de pensar nas coisas, Nos seres e no fado me consumo. Para mim crio tanto Quanto para mim crio. Fora de mim, alheio ao em que penso, O Fado cumpre-se. Porém eu me cumpro Segundo o âmbito breve Do que de meu me é dado. 




 
  • Gradual, desde que o calor, Poesias Inéditas 
  • Grandes mistérios habitam, Cancioneiro
  • Grande sol a entreter, Poesias Inéditas 
  • Grandes são os desertos, e tudo é deserto, Álvaro de Campos
  • Guia-me a só razão, Cancioneiro 

  •  

    Google
     
    Web mdaedalus.com
    página de Pessoa
    página principal
    com o apoio de:
    www.travel-images.com
    Fernando Pessoa - poemas
    www.mDaedalus.com