Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com
poemas
de
Pessoa
A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
 
Fernando Pessoa
Velo, na noite em mim,

 
Velo, na noite em mim,
Meu próprio corpo morto.
Velo, inútil absorto.
Ele tem o seu fim
Inutilmente, enfim.



 
  • Vem do fundo do campo, da hora, Poesias Inéditas 
  • Vem dos lados da montanha, Poesias Inéditas
  • Vem, Noite, antiquíssima e idêntica, Álvaro de Campos
  • Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio, Ricardo Reis
  • Vendaval,- Poesias Inéditas
  • Venho de longe e trago no perfil, Cancioneiro
  • Venho dos lados de Beja. , Álvaro de Campos
  • Vento que passas, Poesias Inéditas 
  • Verdadeiramente, Poesias Inéditas
  • Verdade, mentira, certeza, incerteza ..., Alberto Caeiro
  •  

    Google
     
    Web mdaedalus.com
    página de Pessoa
    página principal
    com o apoio de:
    www.travel-images.com
    Fernando Pessoa - poemas
    www.mDaedalus.com