Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com
poemas
de
Pessoa
A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
 
Fernando Pessoa
Houve um ritmo no meu sono. 
                             
                        
Houve um ritmo no meu sono.
Quando acordei o perdi.
Por que saí do abandono
De mim mesmo, em que vivi ?

Não sei que era o que não era.
Sei que suave me embalou,
Como se o embalar quisera
Tornar-me outra vez quem sou.

Houve uma música finda
Quando acordei de a sonhar,
Mas não morreu :  dura ainda
No que me faz não pensar.

                               
                      
 
   
 


Google
 
Webmdaedalus.com
página de Pessoa
página principal
com o apoio de:
www.travel-images.com
Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com