Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com
poemas
de
Pessoa
A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
 
Fernando Pessoa
Lâmpada deserta
 
LÂMPADA deserta,
No átrio sossegado.
Há sombra desperta
Onde se ergue o estrado.

Na estrada está posto
Um caixão floral.
No átrio está exposto
O corpo fatal.

Não dizem quem era 
No sonho que teve.
E a sombras que o espera
É a vida em que esteve.

   
   
 


Google
 
Webmdaedalus.com
página de Pessoa
página principal
com o apoio de:
www.travel-images.com
Fernando Pessoa - poemas
www.mDaedalus.com